No tipo de sociedade em que vivemos, infelizmente, de modo geral, somos obrigadas a ser multitarefas e, pior, tem gente que acha isso super legal, tem isso como um valor para si: ‘olha como sou produtiva!’. E se eu te contasse que esse papo de pessoas que fazem mil coisas ao mesmo tempo e são super produtivas é puro mito?

Pois é… Nossa sociedade quer que sejamos super-humanas, mas nosso cérebro nos impede. Ao menos, é o que diz a ciência até o momento:

O córtex pré-frontal é a parte mais avançada do cérebro humano, responsável por focar e desviar a atenção. O córtex pré-frontal também é responsável pelo funcionamento executivo, que envolve planejamento complexo e tomada de decisão. No entanto, o córtex pré-frontal só pode atender a uma coisa de cada vez. Tentar concentrar-se em várias coisas ao mesmo tempo sobrecarrega o córtex pré-frontal, causando atenção dividida, desatenção ou falta de atenção. Não importa o que você está tentando realizar, isso causará problemas na maior parte do tempo.

Quem diz isso não sou eu, não, é o Dr. Don Greene, psicólogo especialista em performance, numa matéria bem bacana do Thrive Global. Então, em vez de tentar resolver tudo ao mesmo tempo e acabar frustrada no final porque muitas das coisas não saíram como você gostaria, que tal tentar outra estratégia?

Segundo do Dr. Greene, se você precisa pensar conscientemente e planejar atividades complexas que não envolvem “memória muscular”, existem várias coisas que você pode fazer:

1

Em primeiro lugar, a menos que você seja uma atleta olímpica, uma musicista experiente ou uma malabarista de verdade, você precisa aceitar que só pode se concentrar em um projeto de cada vez e apenas por um período limitado de tempo. Portanto, priorize sua lista atual de ‘coisas que precisam ser feitas’. Pense nas demandas das várias tarefas, levando em conta todos os detalhes relevantes.

2

Em seguida, identifique qual é a coisa mais urgente e importante que precisa ser feita no momento atual. Depois de escolher a tarefa que faz mais sentido e que parece ser aquela em que você deveria trabalhar, decida quanto tempo você vai se concentrar na tarefa. Então, feche seus olhos por um momento. Respire profundamente algumas vezes para aquietar o funcionamento executivo do cérebro e desligar-se momentaneamente daquilo que lhe distrai.

3

Tente se imaginar, da forma mais realista que puder, realizando cada etapa da tarefa, desde o início até a conclusão bem-sucedida. Depois de trabalhar tudo em sua mente, abra os olhos e direcione toda a sua atenção para o trabalho à sua frente. Continue fazendo o que você já ensaiou mentalmente até que esteja terminado, ou até que você precise parar ou mudar para concentrar toda a sua atenção na próxima tarefa importante. Ao fazê-lo, lembre-se da máxima Zen: “Ao caminhar, ande; quando comer, coma”.

Segundo o nosso amigo, Dr. Greene, estas etapas nos ajudam a lidar de maneira mais eficaz com atividades complexas. Bom, se a gente considerar que ser mulher já é complexo por natureza, nada mal incorporar algumas técnicas para deixar a vida um pouco mais leve, né?

E, você já notou? No fim das contas, parece que tudo o que diz respeito a uma vida melhor e mais centrada aponta sempre para um mesmo lugar: devemos aprender com o passado e planejar nosso futuro, mas precisamos viver o presente!

O que você vai fazer AGORA?

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Blog Posts

WE TALK | Qual é o seu foco? Por Cynthia Hansen

junho 9, 2023

Experts em Inteligência Emocional apontam que a forma com a qual gerenciamos nossos humores

  • No React!
  • Comente0

WE TALK | Organize sua vida e seu dinheiro em 2020 Por Sofia Paludo

junho 9, 2023

O novo ano está chegando e, com ele, vem à mente a famosa listinha

  • No React!
  • Comente0

Procrastinação, quem nunca? | por Cynthia Hansen

junho 9, 2023

Quem nunca procrastinou, que atire a primeira pedra! Eu já e muito… E me

  • No React!
  • Comente0